28 de março de 2016

Ser como sou

Olá, hoje vim falar sobre a minha imensa vontade de ser com sou.


Sou assim meio emburrada e tímida.
Mas eu quero ser como sou.
De algum tempo pra cá passei a me aceitar como sou. Se meu corpo é como é, ótimo. Se meu cabelo é como é, perfeito. É assim que vai ser daqui pra frente.

Quando eu era criança (na foto acima) tinha os cachos mais lindos do mundo mas, por imposição da sociedade e da mídia quando eu tinha 12 anos alisei pela primeira vez e a partir daí começou o martírio.

Não vivia sem chapinha ou escova definitiva (dos mais variados tipos). Quase nunca saía com os cabelos molhados. E me privava de infinitas outras coisas.

Mas resolvi mudar. Já tem uns 8 meses que eu não faço nenhum tipo de escova no cabelo e estou deixando ele tomar vida própria. Há alguns dias comprei um produto para dar definição aos cachos e ontem o resultado me surpreendeu.

Ainda não aprendi a usar completamente. Sinto meu cabelo muito pesado depois que uso mas aos poucos vou me adaptando.

Voltando às origens.
A ser como sou.
 

Nenhum comentário

Postar um comentário

© LUÍSA BELÉM
Maira Gall